Inverno exige cuidados especiais com os pets em casa

Na estação mais fria do ano, vem a preocupação com o próprio bem-estar e da família, o que na maioria das vezes inclui os pets. A médica veterinária Priscila Garcia explica que tanto para os cães como para os gatos é fundamental observar pontos como a pelagem, raça e temperatura do local onde o animal fica.

“Raças como Husky, Golden e Akita, por exemplo, têm pelo principal e subpelo e, assim, menor tendência a perder calor, sendo desnecessário utilizar roupas. Apenas uma manta na hora de dormir já é suficiente para que eles se mantenham aquecidos”, explica.

Já para os cães de pelo curto ou longo que só tenham pelos principais, dependendo da temperatura do ambiente, vale o investimento em roupinhas. Para gatos, a regra é a mesma. “No caso da raça Sphinx, por exemplo, que não possui pelagem, as roupinhas são bem-vindas e é preciso ter atenção também quanto à hidratação”, afirma a especialista.

Pets com pelos curtos precisam de atenção especial no inverno (Foto: Reprodução/Shutterstock)

Pets com pelos curtos precisam de atenção especial no inverno (Foto: Reprodução/Shutterstock)

Higiene das roupinhas

A diversidade de fofurices para nossos bichinhos de estimação é tentação para qualquer cartão de crédito. Não faltam opções na hora de criar os looks com tecidos que vão desde o algodão até o plush. Mas, de acordo com a médica veterinária, o que realmente importa é manter as roupinhas limpas para evitar micoses, por exemplo.

A recomendação entre uma lavagem e outra é de um intervalo de, no máximo, três dias. “Com a utilização de roupinhas a escovação deve ser mais constante para evitar embolar os pelos, que causam desconforto nos animais”, afirma Priscila.

 Banhos no inverno: dar ou não?

De acordo com a médica veterinária, a rotina semanal ou quinzenal de banho de cães e quinzenal ou mensal de gatos pode ser mantida. “É importante que a água esteja morna, o que significa uma temperatura agradável à sua pele, e o pelo fique bem seco após o banho para evitar perda excessiva de calor e problemas de pele devido à umidade”.

Para quem ficar inseguro em dar o banho por conta própria, por causa do frio, vale a pena investir em banhos em petshop. “A água fica na temperatura ideal e os secadores são mais potentes. Procure antes saber se o pet utiliza água morna, secadores e sopradores próprios para cães e gatos”, finaliza Priscila.

pets

Para quem ficar inseguro em dar o banho por conta própria, por causa do frio, vale a pena investir em banhos em petshop (Foto : Reprodução/Shutterstock)

 Alimentação reforçada

E quanto à alimentação? Se nós, humanos, sentimos mais fome nesse períod o, será que os bichinhos também sentem? A médica especialista diz que é normal os animais sentirem mais fome, sim. “Se este for o caso do seu, não há problema em colocar um pouco mais de ração do que o orientado pelo fabricante”, orienta.

Cuidado com a gripe 

Para os humanos, o inverno é época de cuidado redobrado com a saúde, mas, e para os pets? Eles ficam gripados? “Sim, podem ficar, mas não é o mesmo vírus da gripe humana! Pode ser viral, bacteriana ou associados”. A prevenção é feita com vacinação e, por isso, é tão importante que elas estejam em dia para evitar problemas maiores.

De acordo com a médica veterinária, além das vacinas, a vitamina C e os suplementos próprios para aumento de imunidade ajudam na prevenção das doenças respiratórias, principalmente nesta época do ano. “É sempre válido consultar seu médico veterinário para posologia e os melhores produtos na sua região para garantir a saúde do seu animal”.

banho

Durante o inverno, os pets podem ficar gripados (Foto: Reprodução/Shutterstock)

 

Fonte: Zap

Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*
Website