Atención para las comidas proibidas para gatunos.

Nós já alertamos aqui no Blog do Tito para as Comidas Proibidas Para Catiorros, lembra? Pois então… Os gatunos, por sua vez, possuem um organismo um pouco diferente dos caninos, por isso existem alguns alimentos específicos que não devem ser oferecidos a eles.

Vamos a los malditos…

 

 

Pois é, nós fomos acostumados do jeito errado por conta de desenhos animados, onde é comum ver gatitos saboreando tigelas de leite de vaca. Mas, na vida real, os felinos são intolerantes à lactose, principalmente quando adultos.

É comum para filhotes que foram separados da mãe a amamentação com leite de vaca, mas isso não é aconselhável, pois o leite tem muita lactose e os gatos não possuem a enzima necessária para a digestão. Neste caso, recomenda-se um leite especial para gatos, substitutos do leite (como o leite em pó) ou papas feitas com ração de alta qualidade para filhotes.

Em último caso, o gatuno até pode ser alimentado com leite de vaca, mas somente até os 45 dias de vida, já que, em adultos, o leite pode desencadear diarreia e vômito e, por ser rico em cálcio, contribuir para a formação de pedra no rim.

 

 

Quando caninos e gatunos convivem no mesmo espaço, é comum que um experimente a ração do outro. Isso não é prejudicial à saúde deles, mas nunca deve ser tratado como alternativa à alimentação específica para cada um, pois, ainda assim, os catiorros têm um dieta diferente da dos gatitos.

Por exemplo, a ração dos caninos não contém taurina, um aminoácido importantíssimo e necessário para a digestão correta de alimentos no organismo dos gatos. A ausência de taurina na alimentação dos gatunos pode causar alterações cardíacas e até levar à cegueira.

 

 

Sabemos que felinos são carnívoros essenciais. Por isso, precisam de alimentos de origem animal em sua dieta, já que não têm a capacidade de produzir certos nutrientes que são adquiridos através da proteína animal. Além disso, os gatos não metabolizam bem carboidratos como fonte de energia.

Sendo assim, manter um canino com dieta vegetariana é possível, um gatuno, não.

Existem casos de gatos que adoram comer verduras, legumes e frutas, mas o ideal é sempre oferecer com supervisão e acompanhamento.

 

 

Assim como nós, os gatitos também gostam de um docinho, mas eles não toleram muito bem o chocolate, por exemplo. No doce há metilxantina (cafeína e teobromina), um relaxante, diurético e estimulante que aumenta o índice cardíaco, estimula o sistema nervoso e causa a perda de fluídos corporais.

Vômito, diarreia, tremores e urina frequente, são alguns dos sintomas que a ingestão causa nos gatos – 300g de chocolate ao leite para um pet (incluindo caninos) podem intoxicar o animal, e uma quantia ainda maior pode ser letal.

A cafeína, assim como o chocolate, não faz nada bem para os felinos também, por isso não ofereça chás e café.

 

 

Muitos gatos gostam de comer plantas, porém, é preciso tomar muito cuidado, pois algumas são altamente tóxicas. Como lírios, samambaias, comigo-ninguém-pode e outras venenosas comuns em vários quintais e jardins e que causam danos graves, mesmo em pouca quantidade.

Se seu gatito costuma comer plantas, recomendamos que sempre pesquise antes de trazer novidades ao seu jardim, pois ele pode comer por acaso.

Agora então, com as dicas apimentadas e ardientes do Blog do Tito, você já pode se considerar um chef de cozinha, especializado em dieta de caninos e gatunos. Que tal, muchacho?

 

Coluna do Tito:

Caninos que não podem roer osso, gatunos que não podem tomar leite, chocolate proibido para todos nós e um Bulldog Mexicano que não pode comer Guacamole… Realmente, tudo que é bom nesse mundo faz mal, é ilegal ou engorda. #nãofazsentido #chateado

 

Fonte: Geração Pet

Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*
Website